Baratos Afins

Baratos Afins a Pioneira dos Independentes

Skip to Main Content »

Bem vindo a loja virtual da Baratos Afins!
Nossa loja esta em constante atualização. Estamos Inventariando e cadastrando todos os produtos da nossa loja. Caso não encontre o produto em nossa loja virtual entre em contato (11) 3223-3629

Your shopping cart is empty

MERCENARIAS - CADE AS ARMAS ? ''LP''

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$100,00

Descrição rápida

01 01 ME PERCO
01 02 POLICIA
01 03 IMAGEM
01 04 INIMIGO
01 05 PANICO
01 06 AMOR INIMIGO
01 07 LOUCOS SENTIMENTOS
01 08 LABIRINTOS
01 09 ALEM ACIMA
01 10 SANTA IGREJA

MERCERNARIAS - MERCENARIAS ''LP'' (Baratos Afins)

Duplo clique na imagem para vê-la ampliada

Reduzir
Aumentar

Mais visualizações

  • MERCERNARIAS - MERCENARIAS ''LP'' (Baratos Afins)

Detalhes

O legado da frutífera cena pós-punk paulista dos anos 80 parece esquecido. Algumas bandas, como Fellini e Muzak, foram saudadas em diversas compilações gringas (para citar algumas, Não Wave: Brazil Post Punk 1982-1988 e The Sexual Life of the Savages, ambas de 2005). No Brasil, a Baratos Afins lançou nos anos 80, em LP, as coletâneas Não São Paulo, que foram relançandas em CD nos anos 90. Mas a bem da verdade, esta interessante fatia do rock independente nacional nunca gozou da atenção merecida, e parece mais lembrada mundo afora do que em nossa própria terra. Justiça seja feita: desta época, As Mercenárias é uma das bandas mais respeitadas que exportamos. O quarteto formado por Sandra (baixo), Rosália (vocal), Ana (guitarra) e Lou (bateria) foi não só um dos primeiros grupos punk exclusivamente femininos do país, mas também um dos mais intrépidos e inteligentes. As paulistanas deram as caras com uma demo bem barulhenta, e fizeram pequenos shows pela cidade até que surgisse a oportunidade de gravar o álbum de estreia, Cadê as Armas (1986), outro lançamento da Baratos Afins. Cadê as Armas é o disco mais emblemático do que viemos a chamar carinhosamente de 'não wave', o equivalente brasileiro à insanidade musical vanguardista da Nova York do final dos anos 70. Lúgubre, inadiável, revoltado no âmbito político-social e cheio de letras de conteúdo, algumas com um afiado senso poético. Os riffs estranhos e as rajadas guitarrísticas, de barulhos minimalistas, trazem à memória atos como Mars, DNA e principalmente Teenage Jesus & The Jerks. Vide "Polícia", "Pânico" e a vertiginosa "Além Acima". As linhas de baixo são singelas, mas cheias de groove, trazendo à tona influências de Joy Division, Gang of Four e Sex Pistols. "Inimigo" faz um louco jogo disléxico, enquanto a ótima "Imagem" amortece o tempo e cede espaço a um genuíno ar pós-punk, sombrio e distante. A mais clássica, "Santa Igreja", não tem cerimônias, nem meias palavras: "O jovem rebelde e criativo questiona e desobedece o poder, daí encontra com Jesus e à verdade cristã vai obedecer. Vai se foder!". Brilhante! Não obstante ter sido gravado ao vivo, com um orçamento limitadíssimo, o debut das Mercenárias é um dos melhores álbuns de rock já registrados no Brasil, ousado e sem precedentes. O imbróglio envolvendo a EMI e o sucessor Trashland (1988) deixou uma cicatriz indelével na trajetória da banda. Na verdade, esse descrédito por parte da major só reforça que a música delas não poderia ser tão facilmente digerível pelas massas.

Informações adicionais

Artista MERCENARIAS
Formato da Mídia LP
Formato LP
Gravadora BARATOS AFINS
Origem BRASIL
Nº de Faixas 10
Condição Novo

Tags do produto

Use espaços para separar tags. Use aspas simples (') para frases.