Baratos Afins

Baratos Afins a Pioneira dos Independentes

Skip to Main Content »

Bem vindo a loja virtual da Baratos Afins!
Nossa loja esta em constante atualização. Estamos Inventariando e cadastrando todos os produtos da nossa loja. Caso não encontre o produto em nossa loja virtual entre em contato (11) 3223-3629

Your shopping cart is empty

MARIA BETHANIA - MEUS QUINTAIS 'CD' PAC ''BRA''

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$31,00

Descrição rápida

1. Alguma Voz

2. Xavante

3. Casa De Caboclo

4. Lua Bonita

5. Candeeiro Velho

6. Imbelezô Eu / Vento De Lá, Mãe Maria, Uma Iara

7. Uma Perigosa Yara

8. Moda Da Onça

9. Povos Do Brasil

10. Arco Da Velha Índia

11. Folia De Reis

12. Dindi

MARIA BETHANIA - MEUS QUINTAIS

Duplo clique na imagem para vê-la ampliada

Reduzir
Aumentar

Mais visualizações

  • MARIA BETHANIA - MEUS QUINTAIS

Detalhes

Maria Bethânia, irmã de Caetano Veloso, é um cantor de renome em seu próprio país. Suas habilidades cênicas, dramáticas, em uma tradição profundamente brasileiro, fazer suas performances bastante pessoal, o que lhe trouxe um público enorme e fiel ao longo das décadas. Quando criança, ela queria ser um direito atriz desde o início. Mas, como sua mãe gostava de cantar, a música estava sempre por perto. Seu pai não era musicalmente talentoso, mas gostava de ouvir as composições de Dorival Caymmi e Noel Rosa. Aos 13 anos, sua família mudou-se para Salvador, e ela começou a freqüentar os "círculos universitários," grupos intelectuais reunindo em torno de exposições de arte e performances. O acesso a peças de teatro reforçou seu desejo de se tornar uma atriz. Naquela época, um novato Caetano Veloso tornou-se o parceiro musical do diretor jogar Álvaro Guimarães. Para curta-metragem de Guimarães Moleques de Rua, Veloso compôs uma trilha sonora que deveria ter, de acordo com ele, sua irmã cantando nele. Aos 16 anos, Bethânia tentou recusar, como ela nunca tinha cantado sob tal pressão. Mas Guimarães amava timbre, e incluiu-a em seu 1963 encenação de Nelson Rodrigues 'musical Boca de Ouro, onde se apresentou a cappella. No mesmo ano, tornaram-se familiarizado com Gilberto Gil e Gal Costa. No próximo ano, Veloso foi convidado para organizar um show de música popular brasileira na abertura do Salvador Teatro Vila Velha. O show, chamado NOS, POR Exemplo, incluído Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Gal Costa (ainda sob o nome dela Maria da Graça). O show foi um sucesso e foi revivido duas semanas depois, com a adição de Tom Zé (ainda apresentado como Antônio José). O sucesso foi ainda maior, eo grupo (sem Zé) logo apresentou outro show, Nova Bossa Velha, Velha Bossa Nova. Nesse mesmo ano, Bethânia agiu sozinho em seu musical Mora na Filosofia, dirigido por Caetano e Gil. Edu e Bethania Em janeiro de 1965, ainda um estudante da escola ganhando notas ruins, ela se surpreendeu com o convite para substituir Nara Leão, já um jovem cantor estabelecido que teve um problema com suas cordas vocais, em sua altamente bem sucedido espetáculo Opinião. Abertura de Bethânia em 13 de fevereiro de 1965, foi muito bem sucedido, e sua dramática performance de "Carcará" (João do Vale / José Cândido) lançou-a como um sucesso nacional durante a noite, repetido durante a temporada de São Paulo. Devido ao sucesso, Guilherme Araújo, então assistente de Aluísio de Oliveira na gravadora RCA, convidou-a, através de Veloso, para gravar para a etiqueta. Em maio do mesmo ano, Bethânia gravou seu primeiro single, e alguns meses depois, seu primeiro LP. Em 26 de setembro de 1965, a quadrilha Vila Velha abriu o show Arena Canta Bahia, em São Paulo Teatro de Arena. Em abril de 1966, Bethânia, convidado por Guilherme Araújo, abriu seu show Recital na boate Cangaceiro, no Rio de Janeiro. Ele também abriu o caminho para Guilherme Araújo para se tornar o gerente de Veloso, Gil e Costa (que recebe 20 por cento para 70 de suas canções, ele seria processado por Gil em 1992). Ela também se apresentou na boate Barroco (Rio). No mesmo ano, Bethânia realizada no show Pois É, juntamente com Gilberto Gil e Vinícius de Moraes, no Teatro Opinião. No mês seguinte, outubro de 1966, Bethânia cantou "Beira Mar" (Caetano / Gil) no I FIC. Em 1967, ela gravou com Edu Lobo o álbum Elenco Edu Lobo e Maria Bethânia. Através de 1970, ela também será destaque nos shows Sim, NOS TEMOS Maria Bethânia (Teatro de Bolso, Rio), Comigo Me Desavim (Teatro Miguel Lemos, Rio), Recital Na Boite Blow Up (São Paulo), e Brasileiro Profissão Esperança (Teatro Casa Grande, Rio). Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gilberto Gil Em 1968, ela se apresentou no LP Veloso, Gil e Bethânia (RCA) eo solo de LP Recital na Boite Barroco. Em 1969 e 1970, respectivamente, Bethânia lançou o LP Maria Bethânia e Maria Bethânia Ao Vivo. Em 1971, ela gravou para a Philips o LP A Tua Presença. Em julho, apoiado pelo Terra Trio, ela abriu a do Rio de Janeiro Teatro da Praia seu show Rosa dos Ventos, que rendeu um álbum ao vivo com o mesmo nome, produzido por Roberto Menescal. Em 1971, ela foi para a Europa e realizada no MIDEM (Cannes, França), e na Itália. No próximo ano, ela apareceu, junto com Chico Buarque e Nara Leão, no filme QUANDO o Carvaval Chegar. A trilha sonora do filme foi lançado em 1972 pela Philips. Bethânia escreveu a letra para a canção de Caetano Veloso "Trampolim", lançado em seu álbum Drama. A turnê européia pela Itália, Alemanha, Áustria, Dinamarca e Noruega seguiram. Em 1973, ela abriu seu show Drama, Luz da Noite, também gravou como um álbum com o mesmo título. Comemorando o décimo ano de sua carreira, ela abriu seu show A Cena Muda (1974), gravado e lançado em novembro de 1974. No dia 6 de junho de 1975, Bethânia realizada em um show ao vivo junto com Chico Buarque, gravado e lançado como Chico Buarque e Maria Bethânia Gravado ao Vivo no Canecão. Em 1976, ela gravou Pássaro Proibido. Em julho, junto com Caetano Veloso, Gilberto Gil e Gal Costa, ela percorreu o Brasil com o show Os Doces Bárbaros, que rendeu um filme com o mesmo nome por Jom Tob Azulay e um álbum duplo lançado pela Philips em novembro de 1976. No January 13 de 1977, seu show Pássaro da Manhã aberto, lançado como um LP de estúdio sob o mesmo título, que trouxe seu segundo disco de ouro. Em maio de 1978, Bethânia lançou, com Veloso, um show ao vivo gravado em LP como Maria Bethânia e Caetano Veloso ao Vivo. Álibi Em 1978, o LP foi lançado Álibi (certificado como disco de ouro antes de bater as ruas, fazendo dela a primeira cantora brasileira a atingir um milhão de cópias vendidas), produzindo um espectáculo com o mesmo nome, em julho do próximo ano. Em dezembro de 1979, ela lançou o álbum Mel, que também trouxe o show Mel em janeiro de 1980. No mesmo ano, veio o LP Talismã. No próximo ano, ela abriu seu show Estranha Forma de Vida e lançou seu álbum de Alteza. Em 1982, Bethânia realizada no show Nossos Momentos. Em 1983, ela tomou outro rumo em sua carreira com o álbum Ciclo, ramificando para fora de sua fórmula popular em direção a uma nova direção acústico. Em 1984, ela se apresentou em seu show A Hora da Estrela, com músicas especialmente escritos por Veloso e Chico Buarque. O álbum A Beira Mar e o seguiu. Em 1985, o show 20 Anos aberto. No ano seguinte, assinou com a RCA Bethânia para a liberação de Dezembros, que continha canções inéditas de Tom Jobim, Chico Buarque e Caetano Veloso, e "Canções e Momentos", escrito especialmente para ela por Milton Nascimento. Em 1988, ela gravou Maria, com estrelas convidadas Jeanne Moreau e Gal Costa, que também era o nome de seu show que abriu naquele ano. Em 1989, o álbum Memória da Pele foi lançado, e Bethânia apresentou o show Dadaya - As Sete Moradas. Seu aniversário foi comemorado dia 25 de carreira com o álbum e mostrar 25 Anos, com a participação de Nina Simone, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti, João Gilberto, entre outros. Em 1982, ela lançou o álbum Olho D'água, que foi incluída na trilha sonora de um dos principais da novela. Seu álbum de 1993, como Canções Que coce Fez Para Mim, também um show, foi o disco mais vendido daquele ano (1,5 milhões de cópias vendidas). Para a etiqueta EMI / Odeon foi gravado o álbum Âmbar, e também um show que foi gravado ao vivo e lançado em 1997 como Imitação da Vida.

Informações adicionais

Artista MARIA BETHANIA
Formato da Mídia CD
Formato CD
Gravadora BISCOITO FINO
Origem BRASIL
Nº de Faixas 13
Condição Novo
Código do produto BF304-2

Tags do produto

Use espaços para separar tags. Use aspas simples (') para frases.