Baratos Afins

Baratos Afins a Pioneira dos Independentes

Skip to Main Content »

Bem vindo a loja virtual da Baratos Afins!
Nossa loja esta em constante atualização. Estamos Inventariando e cadastrando todos os produtos da nossa loja. Caso não encontre o produto em nossa loja virtual entre em contato (11) 3223-3629

Your shopping cart is empty

JOYCE - AO VIVO (SHOW DE 40 ANOS DE...) 'DVD' ''BRA''

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$35,00

Descrição rápida

Ao longo de uma carreira internacional Joyce (aka Joyce Moreno) já gravou mais de 21 discos a solo e mais de 300 de suas canções por alguns dos maiores nomes da música brasileira e internacional, tais como Flora Purim, Milton Nascimento, Elis Regina, Gal Costa , e outros. Suas composições têm sido destaque na televisão, teatro e trilhas sonoras de filmes, como O Jogador de Robert Altman. Turnê internacional a cada ano, ela consolidou-se como um artista original, com uma voz marcante e um estilo de composição predominantemente pessoal celebrar sua feminilidade.

Joyce [Localidade: Não Muda, Nao]
Sua primeira gravação, como um membro de um grupo vocal, foi em 1964 no LP Conjunto Sambacana. Seu primeiro álbum solo, intitulado Joyce (Philips), foi lançado em 1968. O álbum não foi bem sucedida, pois já tinha a marca pioneira de Joyce: a cantar sujeito feminino na primeira pessoa, que era uma coisa difícil de engolir naquela época. Ela gravou dois álbuns para esse rótulo (o ser próximo Encontro Marcado em 1969), com arranjadores extremamente competente Dori Caymmi, Gaya e Luiz Eça, mas a consolidação de seu estilo musical só viria mais tarde. Em 1970, ela entrou para o grupo A Tribo, que teve importantes músicos como Nelson Ângelo, Toninho Horta, Novelli e Naná Vasconcelos (mais tarde substituído pelo baterista Nenê). Apoiado por eles, ela registrou um recorde de quatro pistas para a EMI, com o "Caqui", "Adeus Maria Fulô", "Nada Sera Como Antes" e "O Homem da Avenida" (1971). Depois de assinar com a Odeon, em 1972, ela juntou-se com Nelson Ângelo para gravar Nelson Ângelo e Joyce.

Passarinho Urbano
Depois de uma pausa de executar, ela voltou em 1975, após um convite de Vinícius de Moraes para acompanhá-lo em uma turnê internacional, tanto como cantor e como guitarrista. Em uma das paradas da turnê, em Roma, Joyce conheceu o produtor italiano Sergio Bardotti, que produziu um álbum com ela para a marca italiana Fonit-Cetra, Urban Bird (lançado no Brasil pela Continental como Passarinho Urbano, dois anos depois). Em 1977 ela se mudou para Nova York, onde ela se comprometeu a gravar um álbum produzido por Claus Ogerman, com Michael Brecker e outros músicos brilhantes, mas nunca foi lançado. No entanto, esse curto período com músicos de jazz americanos confirmaram seu próprio estilo. Em 1980, sua canção "Clareana" (com Maurício Maestro), uma canção dedicada a ela filhas Clara e Ana, foi um sucesso no Festival de MPB daquele ano, tornando-se um sucesso nacional, fato que colocou sua carreira em perspectiva. Suas músicas se tornaram sucesso gravado por estrelas como Milton Nascimento, Elis Regina, Maria Bethânia e muitos outros.

Tardes Cariocas
A assinatura de um novo contrato com a EMI, Joyce gravada Feminina (1980), seu primeiro trabalho solo auto-criado. O próximo LP, Água e Luz, destaque virtuoso acordeonista Sivuca. Sua própria produção independente de Tardes Cariocas (1984) foi frutífero como o álbum foi premiado com Melhor Álbum Independente of the Year. Saudade do Futuro (Pointer, 1985) lhe rendeu um convite do Festival Yamaha no Japão. Isto foi seguido por um álbum com distribuição limitada na etiqueta Funarte em conjunto com a Continental, que foi dedicado ao importante sambista Wilson Batista (Wilson Batista, Samba FOI Suá Glória, 1986).

Astronauta: Songs of Elis
Com sua carreira internacional em plena velocidade, Joyce gravou álbuns no Brasil, os EUA (Verve), Japão e Alemanha. Durante os anos 90, no calor da dança-oriented "new bossa", ou movimento "drum'n'bossa", sua música teve um impulso adicional na Europa, mais especificamente na Inglaterra. Em 1997, ela lançou um livro narrando o mundo behind-the-scenes de MPB, Fotografei Você na Minha Rolleiflex (MultiMais Editorial). Moreno terminou a década com dois álbuns aclamados, Astronauta, de 1998: Canções de Elis on Blue Jackel e 1999 do disco Bossa, sua primeira gravação para Far Out rótulo do Reino Unido. Seu relacionamento com Far Out promoveu um verdadeiro renascimento para o cantor. O século 21 viu Joyce imerso em um turbilhão de atividade. Em 2000, ela publicou Tudo em Bonito Sony, seguido um ano depois com Gafieira Moderna on Far Out, no Reino Unido e Biscoito Fino no Brasil. Joyce e seu marido Tutty Moreno - seu produtor e baterista - excursionou por trás de ambas as gravações, que a impediam de gravar novamente até o final de 2002. O esplêndido álbum Duets Bossa foi emitida pela Sony em 2003. Em 2004, Joyce publicou um recorde mundial hit que se tornou um clássico entrada em seu catálogo: Apenas um pouco louco, apoiado pela Banda Maluca (liderado pelo pianista Bugge Wesseltoft). Foi lançado pela Far Out em todos os lugares, mas o Brasil, onde foi emitido pela Biscoito Fino. O álbum foi tão amplamente comemorado, foi seguido de um DVD ao vivo documentando a turnê de apoio.

Rio Bahia
Moreno não descansar sobre os louros, no entanto: ela gravou um álbum com Dori Caymmi, intitulada Rio Bahia para Far Out em 2005. Ela e Tutty compartilhado faturamento na excelente Samba-Jazz & OUTRAS Bossas em 2007, novamente para longe. Ela emitiu um pacote de combinação live CD / DVD, Ao Vivo em 2008. Em 2009, Far Out lançado Visions of Dawn, um álbum perdido lindo gravado com Naná Vasconcelos (percussão) e Maurício Maestro (contrabaixo, baixo elétrico, produtor), em Paris, em 1976. 2009 também viu Celebrating Jobim com a WDR Big Band lançado exclusivamente no Japão, eo Brasil só de música lenta na Biscoito Fino. Moreno percorreu quase incessantemente ao longo de 2010, antes de voltar para o estúdio. Estas sessões - também para Far Out - tornou-se o belo Rio de Janeiro, que teve lançamento no final de 2011.

JOYCE - AO VIVO (SHOW DE 40 ANOS DE...)     'DVD'       ''BRA''

Duplo clique na imagem para vê-la ampliada

Reduzir
Aumentar

Mais visualizações

Detalhes

01 01 Delicadeza (DVD) 01 02 A Era Copacabana (DVD) 01 03 Me Disseram (DVD) 01 04 Não Muda Não (DVD) 01 05 Samba de Mulher (DVD) 01 06 Revendo Amigos - com Leila Pinheiro(DVD) 01 07 Havana Me (DVD) 01 08 Monsieur Binot (DVD) 01 09 Mistérios (DVD) 01 10 Essa Mulher - com Dori Caymmi(DVD) 01 11 Da Cor Brasileira (DVD) 01 12 O Chinês e a Bicicleta (DVD) 01 13 Clareana (DVD) 01 14 E Passa o Carrossel - com João Donato(DVD) 01 15 No Fundo do Mar - com João Donato (DVD) 01 16 A Banda Maluca (DVD) 01 17 Samba de Zona (DVD) 01 18 Feminina (DVD)

Informações adicionais

Artista JOYCE
Formato da Mídia DVD
Formato DVD
Gravadora EMI
Origem BRASIL REGIAO ''ALL''
Nº de Faixas 18
Condição Novo

Tags do produto

Use espaços para separar tags. Use aspas simples (') para frases.