Baratos Afins

Baratos Afins a Pioneira dos Independentes

Skip to Main Content »

Bem vindo a loja virtual da Baratos Afins!
Nossa loja esta em constante atualização. Estamos Inventariando e cadastrando todos os produtos da nossa loja. Caso não encontre o produto em nossa loja virtual entre em contato (11) 3223-3629

Your shopping cart is empty

CELLY CAMPELLO - ESTUPIDO CUPIDO 'CD' ''BRA''

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$40,00

Descrição rápida

Estúpido Cupido (Stupid Cupid) (Neil Sedaka - Howard Greenfield - versão: Fred Jorge)
The Secret (Joe Lubin - I. J. Roth)
Muito Jovem (Just Young) (Lya S. Roberts - versão: Fred Jorge)
Túnel do Amor (Tunnel of Love) (Patty Fischer - Bob Roberts - versão: Fred Jorge)
Handsome Boy (Mario Gennari Filho - Celeste Novaes)
Who's Sorry Now (Ted Snyder - Bert Kalmar - Harry Ruby)
Broto Já Sabe Chorar (Heartaches at Sweet Sixteen) (Reld - Kosloff - Springer - versão: Fred Jorge)
Fale-me com Carinho (Dis-moi Quelque Chose de Gentil) (Paul Misrak - Andre Hornez - versão: Espírito Santo)
Querido Cupido (Fred Jorge - Archimedes Messina)
Tammy (Jay Livingston - Ray Evans)
Melodie d'Amour (Henry Salvador - Marc Lanjean)
Lacinhos Cor-de-Rosa (Pink Shoe Laces) (Mickie Grant - versão: Fred Jorge)

CELLY CAMPELLO - ESTUPIDO CUPIDO    'CD'       ''BRA''

Duplo clique na imagem para vê-la ampliada

Reduzir
Aumentar

Mais visualizações

Detalhes

Estúpido Cupido" foi o primeiro álbum da cantora Celly Campello, e é considerado por alguns como o primeiro LP de rock brasileiro. A faixa-título foi o maior sucesso de 1960, de acordo com o site , e é na verdade uma versão feita por Fred Jorge para Stupid Cupid, composta por Neil Sedaka e Howard Greenfield, lançada por Connie Francis em 1958.[carece de fontes] O disco contou com o conjunto de Mário Gennari Filho no acompanhamento, além do coro dos Titulares do Ritmo, não creditado. Embora na capa conste o título de Estúpido Cupido, no selo do disco vem escrito Come Rock With Me. Este LP foi lançado em 1959 e retirado de catálogo em meados de 1962, após a saída de Celly do cenário artístico. Em 1976, com o novo sucesso de Celly, a gravadora não reeditou este disco, preferindo re-colocar no mercado uma coletânea lançada três anos antes. O disco só foi relançado em 2003, já em CD, dentro do projeto "Odeon 100 Anos", da gravadora EMI, proprietária dos direitos do álbum. Uma nova edição foi feita em 2005, comemorando os 40 anos da Jovem Guarda (embora, propriamente falando, Celly não tenha participado deste movimento)

Informações adicionais

Artista CELLY CAMPELLO
Formato da Mídia CD
Formato CD
Gravadora EMI RECORDS
Origem BRASIL
Nº de Faixas 12
Condição Novo
Código do produto 5 81190 2

Tags do produto

Use espaços para separar tags. Use aspas simples (') para frases.