Baratos Afins

Baratos Afins a Pioneira dos Independentes

Skip to Main Content »

Bem vindo a loja virtual da Baratos Afins!
Nossa loja esta em constante atualização. Estamos Inventariando e cadastrando todos os produtos da nossa loja. Caso não encontre o produto em nossa loja virtual entre em contato (11) 3223-3629

Your shopping cart is empty

A HISTÓRIA DE Baratos Afins

Baratosafins

 


A HISTÓRIA DE Baratos Afins Baratos Afins é uma gravadora indie operando em São Paulo, Brasil. Foi fundada por Luiz Calanca, em 1978, primeiro como uma loja de discos e mais tarde como um selo. A idéia para o selo surgiu quando Arnaldo Baptista, ex-vocalista e baixista do Os Mutantes organizado com Calanca para lançar seu segundo álbum solo de forma independente. Assim história Baratos Afins ficou para sempre entrelaçada com a história do rock em São Paulo.

Desde então, a gravadora lançou os melhores álbuns paulista do rock underground: Fellini, Kafka, Vultos, Akira S. e As Garotas Que Erraram, Voluntários da Pátria, Gueto, smack, 3 Hombres e Mercenárias.

A compilação Em São Paulo veio juntos quatro novas bandas e foi tão bem recebido que um segundo volume foi colocada em conjunto. Todas essas bandas possuía uma influência pós-punk pesado, mas Baratos (como carinhosamente chamado pela maioria dos fãs ) não tinha a intenção de associar-se com qualquer multidão em particular, e logo lançou os primeiros álbuns de heavy metal produzidos no Brasil: SP metal, Volume um e dois. Estes álbuns incluiu bandas como Korzus, Salário Mínimo ... Os álbuns ainda chamou a atenção de uma banda jovem e vindo de Minas Gerais: Sepultura. O rótulo também iniciou uma campanha para álbuns relançamento de Os Mutantes (Arnaldo's velho do grupo e uma das Kurt Cobain's bandas favoritas) que foram trocando as mãos a preços exorbitantes entre os colecionadores.

A gravadora PolyGram criou todos os tipos de obstáculos para dissuadir Calanca de licenciamento dos registros de autorização, mas, finalmente, em 1984, BA recebeu um lote de todos os cinco álbuns Mutantes', abrindo assim o caminho para uma nova geração de roqueiros (brasileiros e internacional) para finalmente ouvir uma das primeiras e melhores bandas brasileiras de rock. Junto com os Mutantes a etiqueta também relançou muito tempo fora de imprimir álbuns de Tom Zé (um dos quais foi pego por David Byrne no Brasil e levado de volta para os EUA e, consequentemente, responsável pela descoberta Tom Zé's no mercado da música em todo o mundo e sua reabilitação na cena musical do Brasil), e Itamar Assumpção (um cantor e compositor afro-brasileiro que conseguiu misturar samba, funk e rock e transformá-lo em um novo som urbano inebriante). Seu trabalho foi originalmente lançado em outra gravadora, mas foi re-lançado pela Baratos, primeiro em vinil e depois em CD. Nos anos 90 começou a BA lentamente relançar seus álbuns em formato CD, atingindo, assim, um novo público, tanto dentro como fora do país. O rótulo também voltou a compilações de liberação, principalmente os dois volumes Pebbles brasileiros que vitrinas bandas de garagem dignos de inclusão nas coleções Nuggets'. O primeiro volume da série inclui principalmente bandas de São Paulo, mas o volume dois apresenta bandas de outros estados e é uma festa para aqueles que necessitam de uma correção saudável de guitarra fuzz. As coleções provou ser um campo de testes para uma nova cena rock underground em SP povoado por faixas levantadas em uma dieta saudável do pop rock dos anos 60 e do punk anos 70. Algumas destas bandas provou ser tão bom que eles lançaram os seus próprios CDs. Tal é o caso de Os Skywalkers, Makina du Tempo, Pipodélica e gasolinas. Além de teses bandas Baratos também lançou um álbum excepcionalmente bem por Mopho, de Alagoas, localizada no nordeste do Brasil, e um forte concorrente para o melhor som da banda Beatles iguais de todos os tempos, mas com a sua própria visão atualizada sobre o pop clássico som. Todas essas bandas não deixam nada a seus homólogos americanos e britânicos. Uma ouvir é tudo o que preciso para os aficionados do rock em todo o mundo a concordar. Baratos também lançou alguns álbuns de jazz bastante saborosa brasileiros pelo trombonista Bocato (infelizmente ainda não disponível em CD) e agora está lançando dois CDs pela lenda da guitarra brasileira Lanny Gordin. Lanny estabelecer normas para a guitarra do rock brasileiro, que ainda não foram superadas, misturando uma grande influência Hendrix com jazz e música brasileira. Seu modo de tocar guitarra foi encontrado em algumas das músicas mais influente que sai do Brasil no final dos anos 60 e início dos anos 70: a música de Gilberto Gil, Caetano Veloso, Jards Macalé, Tim Maia e Gal Costa. Junto com Arnaldo Baptista, Lanny é uma das vítimas brasileiras rock's, mas ele ainda é capaz de fazer boa música, que agora pode ser ouvido na Baratos. 

 E essa é a história até agora. 

 

Frank Barbosa
3rd Stone from the Sun